I.P.T.U.

Publicado em Atualizado em

E lá se foi mais uma parcela do IPTU que se debitou da minha conta.

Queria tanto poder dizer que me orgulho de pagar impostos e contribuir com a minha Cidade… Quem me conhece sabe que sou sim apaixonada por São Paulo, não vivo xingando o trânsito, a poluição, a violência; pelo contrário, tento enaltecer as coisas boas que acredito serem muitas; adoro dar uma de guia turístico e sair por aí mostrando o que mais gosto na cidade a qualquer um que esteja no ânimo de me acompanhar… mas não tem jeito, ainda que seja super otimista em relação a esta Cidade não consigo sentir aquela satisfação do equilíbrio entre dar e receber quando pago o IPTU.

Eu não tinha esta sensação quando o único IPTU que pagava era o do meu apartamento. Mas o da casa de meu restaurante me dá uma pontada no estômago. Sim, o valor é bem mais alto do que o da minha residência e não, essa diferença, comparativamente, não é proporcional ao valor do imóvel.

E talvez essa insatisfação aumente depois que me lembro da interminável burocracia enfrentada para aprovar o meu projeto na Prefeitura; quando percebo que as árvores da rua precisam de poda pois estão emaranhadas na rede elétrica e fui eu quem pagou um jardineiro para dar um paliativo a isto enquanto o serviço público não vem. E se eu preciso deixar a calçada na frente do meu imóvel perfeita, a Prefeitura não deveria cuidar dos buracos do asfalto com a mesma agilidade e atenção?

Pois é minha Cidade querida, você sofre tanto quanto nós e infelizmente só reclamar não leva a lugar nenhum… Talvez eu esteja resmungona porque o mês de agosto já se aproxima e meu cronograma se mostra mais atrasado de novo! Mas o IPTU, ahhh os impostos, a cobrança desses nunca atrasa!

Aliás, como falei no post “Frentes de Trabalho“, eu cometi alguns erros na construção do meu business plan. Um deles diz respeito ao orçamento que não levou em consideração uma projeção real do IPTU.

A casa, quando a comprei, estava registrada na Prefeitura como residencial e minha projeção foi baseada no valor originalmente pago… Ao alterar a condição do imóvel para comercial, o valor do IPTU mais do que duplicou. Eu deveria ter previsto isto mas não me atentei para o fato! Se você estiver pensando em comprar uma casa para instalar o seu negócio, fique atento OK? A diferença é grande…

Advertisements

Uma opinião sobre “I.P.T.U.

    […] falei do meu erro na projeção do IPTU, mas tem outra coisa que não previ que pudesse acontecer e trazer dispêndio: sua obra pode ser […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s