Kopi Luwak: quem já experimentou?

Publicado em

Acredito que muitos de vocês já devem ter ouvido falar do Kopi Luwak ou Café Civeta, certo? Se não, é fácil achar inúmeros artigos no Google sobre este café que é produzido com grãos que são extraídos das fezes de um animal conhecido como civeta.

Vi muitas descrições comparando este mamífero a um gato, mas não me convenci muito ao olhar a foto do animalzinho. De qualquer forma, como vai ser difícil você topar com uma espécie dessas por aí (ao menos que esteja de férias na Indonésia e região), vamos acreditar no diz que diz.

Nunca fiz uma pesquisa mais a fundo sobre este café, mas em termos gerais o que ocorre é que o civeta seleciona na natureza frutos de café (cereja) dos mais doces e maduros para comer, me parece que os frutos são da espécie arábica, mas achei uma controvérsia a esse respeito na internet, para depois excretá-los quase intocados. E isso porque seu organismo não digere a semente do fruto.

Acredita-se que as enzimas no estômago do civeta adiciona um sabor único ao grão do café por conta da fermentação ocorrida durante o processo digestivo. Até já foram realizadas algumas pesquisas por universidades (não me perguntem quais…) que atestaram a modificação de certas qualidades dos grãos após passarem pelo trato digestivo do animal.

Bom, talvez seja melhor nem pensar muito no exótico processo de obtenção e fabricação desse café antes de experimentá-lo, mas é bom citar que depois da coleta as sementes são tratadas, higienizadas, e torradas.

De qualquer forma, acho que a questão principal é se você está disposto a gastar um bom dinheiro para provar esta “iguaria”  já que não é difícil desconfiar que a produção desses grãos é bem limitada o que gera altos preços (aliás, os produtores se orgulham ao afirmar que é o café mais caro do mundo! Ahh o mercado do luxo! Porque é óbvio que tem pessoas que também se orgulham de dizer que só ingerem os alimentos mais caros do mundo).

Se é ou não o mais caro, o fato é que eu sucumbi ao apelo e experimentei. Tenho minhas razões, vai. Desde que resolvi abrir o restaurante criei uma meta de ampliar o meu paladar e provar tudo o que passasse na minha frente. Não que este café pudesse ser servido no restaurante, não consigo imaginar uma fórmula de, dentro do conceito do MIMO, importá-lo e servi-lo com todo o requinte e pompa que seu preço final iria exigir. Mas mesmo assim lá fui eu.

Algumas descrições do produto final diziam que o café seria menos ácido e amargo, teria toques de chocolate e uva. Se eu percebi isso? Não. Mas não tenho treino suficiente, então meu testemunho leigo não seria mesmo poético.

Se eu gostei? Sim, mas gostei mais do retrogosto do que do gosto. No início achei, ao contrário do publicado, bem amargo. Mas esse amargor vai embora logo e o sabor que resta é bem marcante. Se é de chocolate? Eu bem que fiz um esforço para identificar mas não sei dizer. É bem intenso e ocre, até lembra chocolate, mas muitos cafés para mim lembram então não acho que seja este o toque que diferencia este café especificamente. O que me chamou a atenção é que esse retrogosto é bem amplo, pleno, não deixa dúvidas de que você acabou de ingerir um produto com muito sabor.

Tudo bem que não adianta você ter um ótimo grão e não saber fazer o café, e eu o fiz em casa, não tomei um preparado das mãos de um barista especializado (apesar de ter trazido o café da londrina Harrods, não tomei lá… OK, é algo para se arrepender).

Isso pode trazer algumas (para não dizer muitas) diferenças no sabor. Mas mesmo assim valeu a experiência (ou será que estou buscando razões para justificar ter gasto quase 50 libras no pacotinho do café?). Eu diria que é diferente, é saboroso e intenso, mas não é excepcional para um paladar comum como o meu.

Alguém mais quer provar?

 

 

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s