Presente(s) de Natal

Publicado em

Estou aqui revisando a lista de utensílios e equipamentos a comprar para o MIMO e senti saudades da época que fazia lista de pedidos para o Papai Noel. Este ano eu poderia usar toda a minha prosa (quiça minha poesia) para convencê-lo que fui uma boa menina e que mereço todos os itens que incluiria na minha lista.

Mas vou ter que pensar em outra tática já que muito cedo eu descobri a farsa do Papai Noel. Farsa? Nossa! Com tamanho rancor no coração não vou convencer ninguém a me presentear com um liquidificador neste fim de ano.

Também não vou tentar pedir nenhum presente de natal aqui para vocês. Não quero correr o risco de perder meus cativos leitores. Mas posso tentar distribuir a lista pela família pelo menos, não? O problema é que minha família não contém nem 10 membros, e só no quesito assadeiras tenho 22 a comprar! Primos e tios? Não, não tenho. Avós e avôs? Não, não tenho.

Como fazer com o pedido de 23 frigideiras, 16 panelas e 9 espátulas? A resposta é trabalho. Sim porque se Papai Noel não existe, quem nos dá presentes de natal é o nosso próprio trabalho. A vida adulta tem dessas.  Apesar que não custa chorar uma meia dúzia de abridores de lata por aí.

Quem quer passear na Rua Paula Souza comigo? Não esquece a carteira hein…

Ficou curioso sobre a lista inteira, ou sobre como fazer esse tipo de lista? Eu conto para vocês como a minha foi formatada. Apesar que ela ainda não está em sua versão final e por isso mesmo pode ser que eu ainda tenha de complementar este post mais para frente.

Fiz uma primeira lista quando estava montando meu business plan. Como? Internet + Livros. Na internet pesquisei, pesquisei, e por incrível que pareça me vali dessas listas de sites de casamento. Tem várias delas, para você montar a sua casa, para chá de cozinha, para lista de presentes, etc…

É claro que estas listas precisam ser adaptadas para uma cozinha profissional porque são incompletas por um lado e  por outro totalmente supérfluas. Mas já é um começo, ajuda a pensar organizadamente.

Depois encontrei uma lista em um livro da área. Como eu emprestei meus livros, pode ser que eu indique a fonte errada, mas tenho certeza quase absoluta que foi o “Instalação e Administração de Restaurantes” do Luiz Carlos Zanella.

Por fim, recebi uma lista da consultoria que contratei para me ajudar na criação do cardápio. Sim, porque por óbvio depende do tipo de comida que você vai servir.

E agora estou comparando a minha lista do business plan com a da consultoria. Tentando racionalizar daqui e dali. Tentando visualizar a cozinha em funcionamento e sua real necessidade. Vão ainda algumas horas de brainstorm para decidir a lista final.

 

 

 

 

Anúncios

Uma opinião sobre “Presente(s) de Natal

    Made in China « MIMO Restaurante disse:
    28/10/2011 às 5:40 PM

    […] dos utensílios do restaurante a preço de fábrica. E isto porque, se ontem eu escrevi sobre a lista de utensílios e equipamentos que tenho que adquirir, hoje percebi que o Papai Noel a quem eu devo endereçar meus pedidos […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s