Havaí, porque não?

Publicado em Atualizado em

Se falei da fascinante Ásia não me contive em deixar de lado o “paradisíaco” Havaí que não pertencendo tecnicamente à Ásia está ali bem pertinho e por isso mesmo possui maioria de habitantes “asiáticos-americanos” (fácil de perceber a “vizinhança” no globo, um pouco mais difícil no mapa-múndi, mas você, meu leitor, já passou da quarta série, não?).

E a citação ao Havaí está neste blog tão perdida quanto as ilhas dos demais Estados Norte-Americanos.

Também nunca visitei. Também não me atrevo falar da culinária que parece ser obviamente baseada em peixes e frutos do mar, das espécimes habitantes do Oceano Pacífico cujas preciosidades só conheci as da sulina costa chilena.

Mas o George Clooney merece uma citação vá. As indicações que o filme Os Descendentes recebeu ao Oscar/2012 também (até porque escrevo isso alguns dias antes da premiação).

O filme, dado todo o meu preconceito inicial, me cativou. Não é uma obra-prima, mas é delicado e sensível, tal como foi meu Carnaval. E sim, uma das cenas que mais gosto se passa em um restaurante, porque não?

Anúncios

Uma opinião sobre “Havaí, porque não?

    Atendendo a pedidos « MIMO Restaurante disse:
    31/08/2012 às 9:04 PM

    […] Havaí, porque não? […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s