Alguém comeu nhoque hoje?

Publicado em Atualizado em

Ficar o dia inteiro fora de casa em reuniões intermináveis quase me fez perder o timing do post de hoje. Quer dizer, se eu for ser 100% sincera, o timing já não é o melhor porque às 23:00 horas de uma quarta-feira a maioria das pessoas já fez todas as refeições do dia e não dá mais tempo de correr pra fazer nhoque. Pelo menos cabe a enquete: alguém se deu o trabalho de comer? Tem algum supersticioso no meu rol de leitores?

Eu bem que procuraria com mais calma e em fontes mais fiéis a origem dessa superstição, mas dadas as circunstâncias tive que ficar só com o Google e muitos textos idênticos contando a lenda italiana (pô o povo não se dá o trabalho nem de trocar vírgulas, né?) – em tempo, já mandei um email a um amigo italiano para averiguar se a lenda é italiana mesmo ou isso é coisa de brazuca que quer aumentar as vendas no restaurante – espero resposta no fuso horário correto e atualizo o post depois, OK?

O que dizem por este mundo virtual é que certa vez (ninguém precisou quando, nem mesmo o século, mas sabem que era dia 29! Mistério isso não?), na Itália (se bem que Itália, Itália mesmo, unificada e república como hoje a conhecemos só lá por 1929, não historiadores? O melhor seria dizer em algum vilarejo de algum Reino e eu chutaria Trentino, mas só porque lá o povo curte uma batata…) um andarilho (ah vá, uns dizem São Pantaleão, outros São Genaro e outros São Bartolomeu – se soubéssemos o santo correto, data e local seriam mais exatos!) foi bater na porta de um casebre e pedir um prato de comida para aplacar sua fome.

Bom, se era casebre, condições econômicas favoráveis não existiam, mas a família que lá vivia acolheu o andarilho, o santo, ou quem quer que seja, e com ele dividiram o nhoque do dia. Nesta divisão coube sete pedacinhos da (ai ai ai) iguaria a cada um. O tal que bateu a porta, depois de comer, teria agradecido e partido. E tchan! Agora vocês também vão achar que o cara era um santo: deixou misteriosamente moedas embaixo do prato!

Ah tá… entendi. E isso quer dizer que se você colocar dinheiro embaixo do seu prato no dia 29 de um mês qualquer sua vida vai ser muito afortunada, sério? Não vejo muita correlação com a lenda acima já que ninguém bateu na minha porta.

Por isso mesmo alguém já se antecipou e criou a versão de que em verdade se tratava de um frade andarilho (ops, se é frade eu já chutaria outra região da Itália) que chegou a uma pequena vila italiana e bateu à porta de, pasmem, um casal de velhinhos! E no dia 29, claro! O frade também tinha fome, afinal o cara era andarilho poxa, e também pediu um prato de comida. Deram para ele um prato de nhoque (ai ai ai). E a lenda conta mais. Tempos depois, o tal frade voltou para a vila para agradecer os velhinhos (eles estavam vivos ainda, percebe? Afinal a taxa de mortalidade era baixa e a idade média da população naquela época alta, certo? Não!). E esse frade agradeceu com moedas de ouro pois sua vida tinha mudado para melhor.

Agora pergunto eu: para um frade, ou seja, um religioso, mudar a vida para melhor devia ser consequência de suas meditações, estudos e desprendimento da carne em prol da vida casta e espiritual, não? E essa melhoria não significa exatamente moedas de ouro, ou não? Quando muito aqueles ótimos biscoitinhos do Mosteiro de São Bento!

Não sei a versão correta. Peço desculpas pelas brincadeiras já que não quero desrespeitar a religião ou crença de ninguém aqui, muito menos desrespeitar qualquer tipo de fé (que eu mesma possuo muita).

Mas fica a pergunta: quem acredita em superstição e se deu o trabalho de comer nhoque hoje para ganhar na Mega Sena amanhã?

Eu não preciso de desculpas para comer nhoque, então posso ir amanhã já que hoje não deu tempo (isso porque hoje era um dia extra, dado de lambuja pelas convenções do calendário gregoriano). E se for o nhoque do Zena Caffe iria até todo dia, claro!

 

Imagem do site do restaurante Zena Caffe citado acima (www.zenacaffe.com.br)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s